Vulcão!

vulcao

[scroll down for English]

Vulcão!
A estreia londrina de um novo bolo Fabrico Próprio

Por coincidência vamos estar os três – a Rita, o Pedro e o Frederico – em Londres no fim de semana de 28-29 de Novembro.

Depois de saber que a Rita Pop e o Zé Cardoso da The Portuguese Conspiracy estavam a organizar uma loja pop-up de Natal na The Pill Box Kitchen este sábado, pensámos que era o momento certo para apresentar a Rita e o Zé ao Filipe Almeida Santos, e para lançar mais uma das seis novas ideias para bolos Fabrico Próprio que resultaram do nosso workshop em 2008.

O Filipe estudou arquitectura e trabalhou como arquitecto mas há pouco mais de dois anos começou a estudar pastelaria na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste. Um dos seus professores foi o chefe Paulo Santos, com quem temos trabalhado no desenvolvimento de novos bolos de Fabrico Próprio, dois dos quais já foram lançados em Portugal: a Espetada e a Libertina.

O Vulcão é um bolo que começou a partir do nome: como é e a que é que sabe um bolo chamado Vulcão? – perguntou na altura a Rita João.

É nisto que o Filipe tem vindo a trabalhar nas suas horas vagas no Flemings Mayfair Hotel em Londres, onde actualmente é o chefe de pastelaria, depois de ter trabalhado com chefs de renome como Joaquim Sousa no The Oitavos, José Avillez no Belcanto e Pierre Gagnaire no Sketch.

E agora é o momento de ver e provar os resultados.
Juntem-se a nós no dia 28 de setembro a partir das 14h30!
Estaremos a servir Vulcões e a autografar livros.

The Portuguese Conspiracy Portuguese Xmas Pop Up
The Pill Box Kitchen
115 Coventry Road, E2 6GG London

Vulcão!
The London premiere of a new Fabrico Próprio cake

By chance the three of us will be in London on the November 28-29 weekend. After we heard that Rita Pop and Zé Cardoso of The Portuguese Conspiracy were organising a Christmas pop-up shop at the The Pill Box Kitchen on Saturday, we thought it was just the right time to introduce Rita and Zé to Filipe Almeida Santos and launch another of six new Fabrico Próprio cake ideas that resulted from our 2-day workshop in 2008.

Filipe trained and worked as an architect but just over two years ago started studying pastry at the Oeste School of Tourism and Hotel Management in Caldas da Rainha/Óbidos. Here he was a student of chef Paulo Santos, with whom we’ve worked to develop a new set of cakes – as featured in Disegno magazine. Two of these cakes have already been launched in Portugal: the Espetada and the Libertina.

The Vulcão, Vulcano in English, is a cake that started from its name: what does a cake called Vulcão look and taste like? – asked Rita João at the time.

This is what Filipe has been working out in his spare time at the Flemings Mayfair Hotel in London, where he is currently the head pastry chef following stints with renowned chefs such as Joaquim Sousa at The Oitavos, José Avilez at Belcanto and Pierre Gagnaire at Sketch.

And now’s the time to see and taste the results.
Join us September 28th from 2h30 pm.
We’ll be serving Vulcões and signing books.

The Portuguese Conspiracy Portuguese Xmas Pop Up
The Pill Box Kitchen
115 Coventry Road, E2 6GG London

Fabrico Próprio no Peixe em Lisboa

FabricoProprio

 

 

Fabrico Próprio no Peixe em Lisboa 2015
3 Sessões dedicadas à pastelaria semi-industrial portuguesa
14, 15 e 17 de Abril 2015

A convite da organização do Peixe em Lisboa o projecto Fabrico Próprio regressa ao Terreiro do Paço em 2015. Depois da galeria de bolos na Arcada Sul da Praça do Comércio de 28 de Setembro a 15 de Novembro de 208, voltamos com duas sessões para falar sobre design e pastelaria e apresentas novos bolos de Fabrico Próprio. Temos ainda a honra de voltar a integrar o júri do concurso O Melhor Pastel de Nata.

 

14 Abril
15h – Auditório Silampos
O Design da Pastelaria Semi-Industrial Portuguesa

Como inovar, repensar e recriar não só os bolos, mas também as pastelarias de todos os dias? Nesta sessão interessa-nos revelar como é que o design, que tantas vezes é erradamente visto como apenas  “a cereja no topo do bolo”, pode contribuir para que estes produtos possam ser mais bem pensados, projectados, produzidos e disfrutados. Nesta conversa moderada pela designer, investigadora e blogger Suzana Parreira discutimos como é que o design pode ser aplicado no dia-a-dia da pastelaria – da fórmula de um Pão de Deus à cadeira de uma esplanada. Convidámos os fundadores de dois negócios inovadores da pastelaria e restauração da área de Lisboa – o Nuno Carvalho d’A Padaria Portuguesa e a Ana Faustino do Choupana Caffe – para partilhar connosco o seu conhecimento, experiência e perspectivas sobre o futuro deste sector.

Participantes
Rita João e Frederico Duarte Fabrico Próprio
Nuno Carvalho A Padaria Portuguesa
Ana Faustino Choupana Caffe
Suzana Parreira Gourmets Amadores

15 Abril
Prova O Melhor Pastel de Nata
15h – Auditório Silampos

Ao longo de quase 10 anos de pesquisa do projecto Fabrico Próprio descobrimos que o auge da carreira de um profissional da pastelaria são não o que chamamos bolos de fabrico próprio mas sim, mais até do que bolos de aniversário e casamento, construções de açúcar ou de chocolate. Estes são os bolos que ganham prémios, que enchem o olho, que distinguem uma casa.

Mas não são eles o ganha-pão dos pasteleiros. Os bolos que nos interessam são outros, mais pequenos e discretos, os que nos habituamos a ver todos os dias, mas que frescos e criativos, garantem o sustento dos pasteleiros portugueses. E também da nossa gastronomia, economia e cultura.

O Pastel de Nata é um bom exemplo disso. Para muitos pode já parecer definido, resolvido, perfeito. Ao longo dos últimos tempos tem sido tão procurado e apreciado que se tornou num ex-libris de Lisboa, num símbolo nacional, no embaixador da pastelaria portuguesa. Mas qualquer pasteleiro sabe que há sempre onde melhorar, aperfeiçoar, para fazer o melhor pastel de nata. E esse muito a fazer não se aplica apenas a um, mas a muitos e muitos dos pastéis que todos os dias saem dos seus fornos. Que são feitos com uma receita, um preceito, um projecto. Daí que o concurso do Melhor Pastel de Nata é importante não só para os pasteleiros de Lisboa, mas para todos os admiradores e consumidores de pastelaria portuguesa: revela que não há uma tradição estanque, um pastel ideal ou um projecto concluído. É por isso que temos um grande orgulho em participar em mais um júri do Melhor Pastel de Nata, no dia 15 de Abril.

Esta prova, organizada pela Confraria do Pastel de Nata, conta com algumas das mais famosas casas da cidade, que conferem uma assinatura muito própria a este pastel emblemático do país e que, cada vez mais, tem reconhecimento internacional. Depois de em 2013 ter sido a Rita João a integrar o júri desta prova em nome do projecto Fabrico Próprio, este ano será o Frederico Duarte a desempenhar esta muito árdua missão.

Membros do júri O Melhor Pastel de Nata 2015

  • Virgílio Gomes Gastrónomo (presidente do júri)
  • António Marques Chefe Pasteleiro
  • Domingos Soares Franco Enólogo
  • Cristina Castro No Ponto
  • Frederico Duarte Fabrico Próprio
  • Manuel Rasteiro Entidade Regional de Turismo de Lisboa

17 Abril
Novos Bolos de Fabrico Próprio – Libertina
Apresentação, demonstração técnica e degustação

Em 2008, a propósito da primeira edição do livro Fabrico Próprio, organizámos um workshop na Sala do Risco, então o Gabinete de Projecto do MUDE, Museu do Design e da Moda Colecção Francisco Capelo, com o objectivo de discutir, pensar e projectar novos bolos de Fabrico Próprio. Durante duas sessões de lanche e conversa, uma equipa composta por designers, mestres pasteleiros, chefs, arquitectos, jornalistas, empresários e um filósofo, discutiu e enunciou algumas recomendações e princípios para a criação de novos bolos.

Estas foram tidas em conta no desenvolvimento de seis novos projectos de bolos, onde foram também contemplados processos e ingredientes acessíveis a qualquer unidade de fabrico de pastelaria semi-industrial. Assim, qualquer destes novos bolos poderia ser facilmente adoptados por pasteleiros em todo o país e mesmo por pasteleiros portugueses no estrangeiro.

Estas novas propostas foram prototipadas pelos alunos do curso de Pastelaria Avançada da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste sob a orientação do mestre Paulo Santos e apresentadas numa exposição organizada na galeria da Sala do Risco em 2008. Desde então temos vindo a trabalhar nestes novos bolos com o mestre Paulo Santos de modo a apurar formas e receitas.

Um destes novos bolos é a Espetada. Introduz novas formas de pensar, comer e partilhar sabores, ingredientes e ideias de pastelaria, que preparámos com o mestre Paulo Santos pela primeira vez em 2013 para uma degustação pública. Fizemo-lo para festejar o 105º e 106º aniversário de Maria Helena Vieira da Silva na festa do Museu da Fundação Arpad Szènes-Viera da Silva, com um bolo de aniversário composto por 240 espetadas, cada uma com três cubos de massa “quatre quart” de diferentes sabores.

Um outro é a Libertina, a apresentar no dia 17 de Abril no Peixe em Lisboa numa demonstração técnica ao vivo com degustação, pela mão do mestre Paulo Santos e comentada pela equipa Fabrico Próprio onde contaremos a origem e histórias destas receitas que gostariamos de ver em breve nos balcões das pastelarias portuguesas.

As fichas técnicas, preparadas pelo mestre Paulo Santos, para a Espetada, Libertina e as outras novidades propostas para a pastelaria nacional — Pagode, Vulcão, Papiro e Estreitinho — serão partilhadas em breve no site www.fabricoproprio.net para que todos os profissionais da pastelaria que estejam interessados possam experimentar estas novas receitas e por à prova estes novos bolos pelos balcões de norte a sul.

Participantes

  • Paulo Santos Mestre pasteleiro, Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, Forno do Beco
  • Rita João, Pedro Ferreira e Frederico Duarte Fabrico Próprio


Entradas
As três sessões Fabrico Próprio no Peixe em Lisboa têm entrada paga de acordo com a bilheteria do evento. Mais informação em: http://www.peixemlisboa.com/pt/bilheteira

Entrada de 1 Dia: €15
Esta entrada é válida para uma pessoa para qualquer um dos dias do evento. Inclui acesso ao Mercado Gourmet e possibilidade de participação nas atividades paralelas (aulas de cozinha, apresentações de cozinha ao vivo, provas de vinho comentadas e “Conversas sobre o Vinho”, debates e outras sessões), à exceção das harmonizações, que apresentam um custo acrescido.

Uma entrada de um dia dá ainda direito a:
– 1 degustação de 5€
– 1 bebida de 1,5€
– 1 copo para prova

De 2ª a 6ª feira, das 12h às 15h, uma entrada de um dia dá direito a:
– 2 degustações de 5€ cada
– 2 bebidas de 1,5€ cada
– 1 copo para prova

Condições especiais para alunos e docentes de escolas de design apenas nos dias das sessões Fabrico Fabrico Próprio no Peixe em Lisboa

– Entrada de 1 Dia: 5€.

À semelhança das condições especiais para os alunos e docentes de escolas de hotelaria e turismo, a compra destas entradas só está disponível no local do evento, mediante a apresentação de cartão de estudante/professor. Este valor não dá direito a senhas de degustação, bebidas ou copos de prova.

Cartaz / Convite

Tal como nas anteriores acções de divulgação do projecto e do livro Fabrico Próprio, em que convidámos o Atelier Carvalho Bernau (lançamentos Lisboa, Porto, Estocolmo e Londres 2008), a Editora Planeta Tangerina (lançamentos no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova Iorque em 2012), a designer/ilustradora Maria Nogueira (lançamento em Berlim em 2013) para nos fazer o postal/convite, este ano convidámos o atelier de tipografia e edições O Homem do Saco para preparar uma edição limitada de 100 cartazes, todos diferentes.

Durante o Peixe em Lisboa estaremos a vender um número limitado de exemplares autografados do livro Fabrico Próprio num pack exclusivo com um preço especial, o qual inclui todos os postais/convites relativos a acções passadas do projecto Fabrico Próprio e o cartaz de divulgação para as sessões no Peixe em Lisboa pelo atelier O Homem do Saco.

SP Design Weekend

Após o lançamento do livro em Maio de 2013, o Fabrico Próprio regressa a São Paulo em Agosto!

Dia 17, Sábado, o Frederico vai representar a equipa Fabrico Próprio na sessão temática Food Design do ciclo de palestras Café com Design da Tok&Stok.

Inscrevam-se, apareçam! Mais detalhes aqui.

Entretanto lembramos que em São Paulo a 2ª edição do Fabrico Próprio está à venda aqui. E no Rio de Janeiro aqui.

 

971593_10151605274762545_1101511800_n

 

Montemor-o-Novo – 04.11.2012

No dia 04 de Novembro estivemos perto de Montemor-o-Novo, no Hotel L’AND vineyards, para falar sobre o projecto Fabrico Próprio e as novidades da segunda edição, mas também sobre a ligação da pastelaria semi-industrial portuguesa com a cultura japonesa, no evento gastronómico “L’AND & Kyoto”. Agradecemos muito o convite da Helena Girão Santos da Livraria Fonte de Letras em Montemor-o-Novo, e o delicioso apoio da mui afamada Pastelaria Capri!


On November 4th we were near Montemor-o-Novo, at the Hotel L’AND Vineyards, to talk about the Fabrico Próprio project and what’s new in the second edition, but also on the connections between semi-industrial confectionery and Japanese culture, at the Gastronomic event “L’AND & Kyoto”. We’re very thankful to Helena Girão Santos of Fonte de Letras bookshop in Montemor-o-Novo, and the delicious support of the very famous Pastelaria Capri!

– Apoio · Support –

logoFonteLetras

landvineyards

capri

 

Lisboa – 22.09.2012

A segunda edição do Fabrico Próprio foi lançada numa doce matinée de Setembro no Centro das Artes Culinárias. Tivemos a honra de ter a Catarina Portas a apresentar o livro, e o Pedro Mesquita a alternar discos. Mais uma vez contámos com as miniaturas da Pastelaria Páscoa, o café da Delta e uma novidade – os inesquecíveis quartos Vigor! Obrigado a todos que vieram.

Fabrico Próprio’s second edition was launched during a sweet  matinée in September at the Center of Culinary Arts. We were honored to have Catarina Portas presenting the book, and Pedro Mesquita alternating records for us. We were happy to have once more miniature cakes from Pastelaria Páscoa, Delta coffee and a something new – the unforgettable quartos (or fourths of a litre) Vigor milk! Thanks to everyone that came.

– Apoio · Support –

Centro-Artes-Culinarias

2009-04-12-01-27-47137156_lo_01

vigor

deltaQ

IMG_6088

IMG_5877

IMG_5921

IMG_5969

IMG_5767

IMG_6071

IMG_5872

Fotos Vigor © Fernando Piçarra

London – 19.07.2008

A Leila’s Shop foi pequena para tanta gente que no passado sábado, dia 19 de Julho, veio ao lançamento do nosso livro em Londres. Graças ao bom tempo, os muitos convidados que se juntaram a nós transbordaram para fora da loja, ocupando o passeio e mesmo a estrada da Calvert Avenue. Foi bom receber tanta gente, no meio de bolos da Pastelaria MadeiraMoscatel de Favaios, café Delta e muitos livros, crachás e posters Fabrico Próprio. Pudemos rever amigos e conhecer muitos mais entusiastas de pastelaria semi-industrial — portugueses e não só.

Em primeiro lugar queremos agradecer à Leila McAllister, que desde o primeiro momento acreditou no nosso projecto, nos acolheu na sua loja e nos soube mostrar que a simplicidade é uma arte.
Em segundo lugar, não podemos deixar de agradecer à Ferneto, o patrocinador especial Fabrico Próprio que tornou este lançamento financeiramente possível. A Ferneto esteve presente no lançamento através da Andreia Afonso, que veio ter connosco a Londres e se juntou a nós neste momento especial do nosso projecto.
Devemos ainda um reconhecimento especial à Embaixada de Portugal e à Delegação da Aicep em Londres,que foram fundamentais tanto na logística como na divulgação do lançamento.
Finalmente, ficamos muito gratos a todos aqueles que vieram o nosso lançamento (não somos muito bons a fazer contas, mas diríamos que vieram entre 100 a 200 pessoas) de todas as partes de Londres, o que é o mesmo que dizer de todos os cantos do mundo.

Leila’s Shop proved small for all the people who last Saturday, July 19th, came to our book launch in London. Thanks to the good weather, the many guests who joined us overflowed onto the street, taking over the sidewalk and road on Calvert Avenue. Is was great to host so many people, surrounded by cakes from Patisserie Madeira, Moscatel de Favaios, Delta coffee and many Fabrico Próprio books, badges and posters. We managed to see friends and meet many more semi-industrial confectionery enthusiasts — and not only Portuguese.
First of all we would like to thank Leila McAllister, who since the first moment believed in our project, welcomed us to her shop and showed us how simplicity can be an art form.
Secondly,  we must not forget Ferneto, Fabrico Próprio’s special sponsor that made this launch financially possible. Ferneto was present in our launch through Andreia Afonso, who came to meet us in London and helped us in this special moment of our project.
A special acknowledgement goes out to the Portuguese Embassy and Aicep Office in London, who were fundamental in the logistics and communication of our launch.
Lastly, we are grateful to everyone who came to our launch (we’re not that great in math but would say around 100 to 200 people came) from around London, which is to say from around the world.

– Apoio · Support –

 Leila’s (beautiful)Shop

blogo-mne

logo-aicep

Pastelaria-Madeira

Ferneto

delta

Outside Leilas

Stockholm – 17.05.2008

O lançamento Fabrico Próprio em Estocolmo foi a primeira paragem de um (longo?) périplo do nosso livro pelo estrangeiro. Aproveitando a realização na capital sueca da European Design Conference, reunimos no dia 17 de Maio delegados e oradores da conferência, assim como convidados especiais, de que se destaca o Senhor Embaixador de Portugal na Suécia, Dr. José Carlos da Cruz Almeida. Os bolos (madalenas, queques e tartes de fruta) estiveram a cargo da Therese Baallack, os pratos foram gentilmente cedidos pela Mateus (muito obrigado Teresa!) e a música veio de Oslo, no iPod do Diogo Valério. Obrigado a todos por terem vindo! Gostaríamos ainda de agradecer à Embaixada de Portugal e à Delegação da Aicep de Estocolmo, pela sua disponibilidade e simpatia.

The Fabrico Próprio launch in Stockholm was the first stop of our book’s (long?) tour abroad. Profiting from the organisation of the European Design Conference in the Swedish Capital, we gathered on May 17th conference delegates and speakers, as well as special guests, of which we would like to highlight the ambassador of Portugal in Sweden, Dr. José Carlos da Cruz Almeida. The cakes (madalenas, queques and fruit tartlets) were made by Therese Baallack, the plates were kindly lent by Mateus (thank you so much Teresa!) and the music came from Oslo, in Diogo Valério’s iPod. Thank you for coming! We would also like to thank the Embassy of Portugal and the Aicep office in Stockholm, for their kindness and time spent with us.

— Apoio · Support —

european_design_awards

blogo-mne

InstitutoCamoesStockholmUniversity

enlitensmula

mateus

logo_tap_pt

© Artur Rebelo

© Artur Rebelo
© Artur Rebelo


© Halvor Bodin

Lisboa – 12.04.2008

© Isabel Sá Viegas

O primeiro lançamento do Livro, em Lisboa, foi um verdadeiro sucesso. Perdemos a conta às pessoas que conseguiram evitar os ciclistas e corredores, os manifestantes do tuning e outros obstáculos da cidade para se juntar a nós em 3 boas horas de muitos e bons bolos da Pastelaria Páscoa, chá Tetley e música dos Catering Sonoro. Obrigado a todos por terem vindo!!!

The first book launch, in Lisbon, was a true success. We lost count to all the people that managed to avoid the cyclists and runners, the “tuning rights” demonstration and other city obstacles to join us in 3 good hours of many and good cakes from Pastelaria Páscoa, Tetley tea and music from Catering Sonoro. Thank you all for coming!!

— Apoio · Support —

BRACO DE PRATA

2009-04-12-01-27-47137156_lo_01

delta

L2spirit

© Katya Delimbeuf
Rita, Frederico, Pedro @ Katya Delimbeuf
© Céu Guarda

 

Russos Folhados
© Céu Guarda

 

© Céu Guarda
© Céu Guarda
público
© Céu Guarda
Bolas de Berlim
© Céu Guarda
© Céu Guarda
© Céu Guarda
© Céu Guarda
© Céu Guarda
© Céu Guarda
© Céu Guarda