21 Replies to “Pirâmide”

  1. Sempre fiquei na dúvida. Seríam as pirâmides uma espécie de argamassa feita com os restos de todos os bolos de ontem, anteontem…
    Não é que seja mau – até gosto muito da consistência damada, mas sobra-me sempre aquele receio.
    Que excitação.

  2. na minha versao do mito, as piramides sao feitas com as sobras das massas dos outros bolos (antes de irem ao forno)…
    é como comer todos os bolos num só!
    hummmmm..

  3. Se for um pasteleiro com consiência não há problemas em comer piramedes ratinhos etc meninas …

  4. Sou Formador de Pastelaria e amante da pastelaria em geral.

    De facto as piramides são feitas com “aproveitamentos” de outros bolos.

    O que e diferente do que restos ou sobras.

    Hoje em dia o principio da reciclagem sugere a aplicação da regra dos Quatro “RRRR” Reutilizar, Reaproveitar, Reutilizar e Reciclar, o que no caso do sector alimentar exige a utilização de produtos de qualidade e o respeito pelas normas de higiene e boas práticas.

    Quando fazemos bolos de aniversário e aparamos, recortamos e acertamos os bolos, sobram as “pontas” e aparas virgens sem creme nem calda que podem ser utilizadas na confecção de Piramides, ratinhos, broas de mel , salame, etc. Sem prejuizo da segurança alimentar.

  5. Pastelaria Semi-Industrial??????????????? Brrrrrrrrrrrr!!!! Mas que perca de tempo! Veja-se como os portugueses em geral estão gordinhos e anafados e qual é a causa? Em vez de tomarem um pequeno almoço correcto, tomam galões e os “tais bolinhos” semi industriais, muito inteligente, não resta dúvida.
    Salvo raríssimas excepções, são um perfeito atentado ao nosso físico
    Doces saudações.

  6. o meu pai dizia-me que eram mesmo os restos que as outras pessoas deixavam nos pratos. Enfim… não sei se são boas porque nunca consegui comer nenhuma. Talvez agora com a garantia do Paulo Costa experimente.

  7. Tive coragem e experimentei. Comecei por cima. Sabia a amêndoa. Logo abaixo veio sabor a canela. Na base, de um dos lados predominava a laranja. Do outro encontrei pedaços de noz. Havia duas passas perdidas por ali. Não sei se volto a experimentar. Talvez quando estiver a precisar de surpresas.

  8. Sim, as pirâmides são feitas com bolos que sobram, mas tem de ser bolos sem creme, por exemplo: queques. Estes bolos secos são triturados e adicionados a uma calda de açúcar e cacau. As sobras que falam, são bolos que já não são do dia, e que no dia seguinte já ninguém compra porque já estão secos.

  9. Que grande tanga… broa de mel de jeito ( ser ser á século XIX) é com farinha mel açúcar e mais uns quantos ingredientes.
    Essa treta dos restos é para quem gosta de fazer as coisas pela mediocridade.

  10. Dos meus blos preferidos, sempre soube que eram feitos com o que sobrava da confeccao dos outros bolos, so nao percebo do “nojo” que alguns demnstram em relacao a este bolo, é muito bom e sempre uma caixinha de surpresas…:)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.